Mentes Flexíveis

   

“Mentes Flexíveis” é um ciclo de palestras que surgiu a partir da repercussão que o livro “O Pequeno Médico” desencadeou entre médicos de várias especialidades como a psiquiatria, oncologia, pediatria, obstetrícia etc e também entre executivos, empresários, profissionais e artistas.

“Mentes Flexíveis” tem como objetivo compartilhar a idéia de que podemos entender nossa vida pessoal e profissional  sob diferentes prismas e sempre temos a opção de viver de um modo em que a dimensão humana esteja mais presente. É a descoberta de um jeito novo de fazer as mesmas coisas que nos torna mais humanos.

A história nos mostra que um pensamento diferente gera resistências e causa desconforto àqueles que ainda não estão acostumados a essa nova forma de pensar e agir. Mas é preciso compreender que o desenvolvimento humano é irreversível e nos empurra para um mundo com maior conectividade entre as culturas, com mais comprometimento entre os seres humanos e mais transparências nas relações políticas, econômicas, sociais, profissionais e pessoais.

Essa é a tendência do nosso mundo que força os profissionais de todas as áreas a reverem seus padrões de comportamento e se abrirem para os novos questionamentos.

A tecnologia – que está em todos os lugares – aproximou o “leigo” do “científico”, rompeu as fronteiras do conhecimento humano, deixando os limites mais tênues. O saber inacessível  e as explicações irrefutáveis têm menos espaço, sendo cada vez mais raros.

Como exemplo dessa mudança está o relacionamento entre médicos e pacientes. Onde antes existia uma área de conforto para o médico – simplesmente por ser médico – hoje não é mais assim. Os profissionais da medicina são surpreendidos pelas perguntas de seus pacientes – sejam eles crianças, jovens ou adultos – porque estamos conectados em tempo real à informação. A sintonia entre médicos e pacientes é o que vai delinear o acesso ao tratamento, seja ele qual for.

 

“Mentes Flexíveis”  mostra que apesar dos avanços da ciências, todos nós somos dos mesmos elementos químicos , psicológicos e emocionais, e temos os mesmos anseios e desejos e por isso todos nós merecemos uma relação profunda e verdadeira durante o tempo em que estivermos juntos aqui na terra.